Espetáculo de bonecos conta a história do Museu das Missões

Cartaz da Semana Missioneira

Cartaz da Semana Missioneira

Em comemoração dos 80 anos de sua inauguração, o Museu das Missões (Ibram/MinC) proverá na próxima dia terça-feira (05) a apresentação da peça teatral Escultórias Fascinantes, às 15h e às 19h30min no auditório da Escola Estadual Antônio Sepp.

A peça aborda a importância das esculturas nas Missões Jesuíticas do Paraguai, faz uma diferenciação entre seus estilos e narra o processo de formação do acervo do Museu das Missões. A montagem destaca a atuação do primeiro Zelador da unidade, Sr. João Hugo Machado, responsável pela coleta da maior parte do acervo de imagens missioneiras em madeira policromada dos séculos XVII e XVIII que hoje está sob a guarda do museu.

Segundo o diretor da peça, Jerson Fontana: “As Missões Jesuítico-Guarani do Paraguai se desenvolveram no sul da América, nos séculos XVII e XVIII e consistiam da formação de povoados de índios majoritariamente da etnia guarani. Teve início por volta de 1609, a partir de um projeto colonial do Reino de Espanha e da Igreja Católica, e eram coordenadas por religiosos da Companhia de Jesus, denominados de jesuítas. O procedimento consistia em reduzir os índios, desde centenas até milhares, em um local no qual era edificada uma pequena cidade, modelo que facilitava o projeto hispano-religioso que previa a conversão dos nativos à fé católica e a sua formação para o trabalho dentro dos conceitos europeus.”

A apresentação vespertina será voltada ao público estudantil e aos estudantes indígenas Mbyá Guarani matriculados na rede pública de ensino de São Miguel das Missões. Já a apresentação noturna será aberta à comunidade em geral, incluindo convite aos moradores da Aldeia Alvorecer (Tekoá Koenju), local de moradia das famílias Guarani.O evento faz parte da programação da Semana Missioneira, evento anual que comemora a inscrição de “As Reduções Jesuítico-Guarani – Ruínas de São Miguel das Missões” na lista do Patrimônio Cultural da Humanidade (UNESCO-1983). Este é o único Patrimônio Cultural da Humanidade do Sul do Brasil reconhecido pela UNESCO.

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days