Especialistas em museus e coleções definem recomendações para Unesco

Reunidos na cidade do Rio de Janeiro entre os dias 11 e 13 de julho, especialistas indicados pela Unesco, e observadores de 50 países, discutiram o papel dos museus no mundo contemporâneo, como enfrentar ameaças e desafios na proteção de museus e coleções, além do papel social e educativo dos museus.

Reunião internacional aconteceu de 11 a 13 de julho no RJ

Também foram revistas e ratificadas as convenções, recomendações e declarações existentes acerca do tema do encontro Proteção e Promoção de Museus e Coleções – organizado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), em parceria com a Unesco, e com o apoio do Programa Ibermuseus e da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI).

Como resultado, o grupo definiu recomendações que farão parte do relatório final que será apresentado na 190ª sessão do Conselho Executivo da Unesco, prevista para outubro.

No documento, intitulado Conclusões e Recomendações Finais Adotadas para o Relatório de Avaliação, os especialistas apontaram necessidades urgentes, tais como garantir recursos humanos e técnicos essenciais para a conservação e segurança de museus e suas coleções, adaptar sistemas de museus a novas tecnologias e dotar os espaços com recursos financeiros adequados. O documento está disponível em português e inglês.

Fortalecimento das políticas

Na abertura, a ministra Ana de Hollanda (Cultura) reforçou a importância das políticas para museus

Foi recomendado que os países desenvolvam e fortaleçam políticas públicas voltadas para os museus considerando o desenvolvimento sustentável (ambiental, econômico, cultural e social), a transformação social e o engajamento comunitário, a capacitação e o planejamento adequado dos recursos humanos.

A adoção de políticas sobre o uso da informática como forma de disseminar, registrar e ampliar o acesso aos museus e coleções, e sobre medidas para mitigar riscos e maximizar a segurança, também foram consideradas essenciais.

As dificuldades de financiamento foram apontadas por especialistas de diversos países e resultaram na recomendação de se dedicar uma porção dos orçamentos nacionais aos museus, de se criar sistemas de cooperação entre governos e museus e de se desenvolver parcerias público-privadas para apoiar museus e coleções. Leia o resumo da reunião nos boletins publicados durante todos os dias do encontro.

Boletins diários (em português)
Dia 11 de julho: manhã e tarde
Dia 12 de julho: manhã e tarde
Dia 13 de julho: manhã

Matéria relacionada
Ibram e Unesco: reunião internacional com especialistas começa no RJ

Texto: Ascom/Ibram
Fotos: Bia Alves e Leonardo Ervilha

Publicado em

Um comentário para “Especialistas em museus e coleções definem recomendações para Unesco

  1. Pingback: Notícias - Portal do Instituto Brasileiro de Museus

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days