Embaixadora fala sobre museus mexicanos no aniversário do Ibram

Nesta terça-feira (21), o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) recebeu a Embaixadora do México, Beatriz Paredes, para uma apresentação sobre os museus mexicanos em comemoração aos cinco anos da autarquia federal.

Angelo Oswaldo (esq.), Beatriz e Guilherme Palacios

Angelo Oswaldo (esq.), Beatriz Paredes e Guilherme Palacios, conselheiro da Embaixada do México

Em sua fala, Paredes enfatizou a diversidade cultural mexicana, lembrando os diversos povos que viveram naquele território e sua importância para a arte, para as tradições, para a história e para a memória do México. “Eu venho de um país que tem muito a contar”, ressaltou a Embaixadora.

Ela afirmou que o interesse dos mexicanos pelos museus é muito forte e que o país se destaca na criação de museus comunitários, muitos deles “criados por meninos e que contam as histórias de cada povo, da comunidade em que se inserem”.

Para Beatriz Paredes, o Ibram “é uma instituição emblemática e vanguardista”, pois são poucos os governos que têm órgãos específicos para tratar sobre museus, o que demonstra uma “preocupação do Brasil com sua memória”.

O presidente do Ibram, Angelo Oswaldo, reafirmou a importância da cooperação entre os países e o trabalho que o instituto tem feito, ao longo destes primeiros cinco anos, no âmbito internacional. Para ele, é importante o intercambio de ideias, profissionais e culturas. “Isso traz novas percepções, gera conhecimento e aprendizado”, disse Oswaldo.

Texto e foto: Ascom/Ibram

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days