Dona Leopoldina e Playmobil: MHN abre duas novas exposições no RJ

Dona Leopoldina por Debret

Dona Leopoldina em uma litogravura de Debret

Há quase 200 anos, Carolina Josefa Leopoldina Francisca Fernanda de Habsburgo-Lorena, também conhecida como Dona Leopoldina ou Maria Leopoldina, desembarcou no Brasil para se tornar a Imperatriz do Brasil. Quando chegou ao país, a então arquiduquesa da Áustria já estava casada com Dom Pedro I.

Na ocasião, eles se casaram a distância e por procuração, e Dona Leopoldina desempenhou importante papel nas negociações de seu matrimônio. Tudo foi registrado em cartas – hábito cultivado pela arquiduquesa desde sua infância.

Essas cartas, que somam mais de mil, compõem a exposição Com a palavra, D. Leopoldina, Imperatriz do Brasil, em cartaz no Museu Histórico Nacional (MHN), no Rio de Janeiro (RJ), entre 14 de outubro de 2014 e 1º de março de 2015.

A exposição traz ainda 200 peças do acervo do próprio MHN que abordam várias fases da vida de D. Leopoldina: seu papel político, as relações familiares e a sua morte prematura aos 29 anos.

O legado da primeira imperatriz-consorte do Brasil também será tema do seminário internacional D.Leopoldina e seu tempo: sociedade, política, ciência e arte no século XIX, que o MHN promove entre os dias 14 e 16 e contará com a participação de pesquisadores renomados.

Playmobil
Também na próxima semana, o MHN inaugura exposição 40 Anos Playmobil – O sorriso mais famoso de todos os tempos. Em cartaz entre 17 de outubro e 23 de novembro, a mostra retrata a evolução do brinquedo, criado na Alemanha  em 1974, no Brasil e no mundo

Playmobil: diorama recria a chegada da arquiduquesa ao Brasil

Playmobil: diorama recria a chegada da arquiduquesa ao Brasil

Os colecionadores do PlayBrasilmobil, organizadores desta exposição, participam ainda da mostra Com a palavra, D. Leopoldina, Imperatriz do Brasil: com base em uma gravura do francês Jean-Baptiste Debret (1768-1848).

No museu foi montado um diorama com bonecos Playmobil originais e customizados que recria o momento do desembarque de Dona Leopoldina no Rio de Janeiro, em 1817. A Família Real e sua corte, soldados, escravos e o povo do Rio foram recriados em detalhes.

Em quase 300 metros quadrados dedicados à história do Playmobil, o destaque deste ano fica por conta do 4° Salão de PlaymoArte – onde fotógrafos e artistas plásticos de todo o país mostram suas criações tendo como inspiração o sorridente bonequinho. Saiba mais.

Texto e fotos: Divulgação MHN
Edição: Ascom/Ibram

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days