Design brasileiro de móveis é tema de exposição no Museu Histórico Nacional

Até o dia 22 de setembro, o Museu Histórico Nacional (MHN/Ibram), no Rio de Janeiro (RJ), abriga a exposição Do moderno ao contemporâneo – o design brasileiro de móveis, com foco em dois momentos dinâmicos da produção nacional de mobiliário.

Projetos de Guto Índio da Costa e Sergio Rodrigues expostos no MHN

Com curadoria de Marcelo Vasconcellos e Zanini de Zanine, a mostra ocupa uma galeria de 370 m² com cerca de 80 cadeiras, poltronas, bancos e outros assentos de dez designers modernos e 20 contemporâneos.

Com peças de Sergio Rodrigues, Oscar Niemeyer, Irmãos Campana, Domingos Tótora, entre outros, a proposta foi estabelecer um recorte expondo apenas assentos, com o intuito de facilitar a interpretação do público sobre a diversidade de linguagens na mostra.

“O design tem uma atuação muito ampla, mas as cadeiras, poltronas e outros assentos são um de seus viéses mais expressivos historicamente”, explica Zanini de Zanine

A mostra trará ainda, como destaque, uma sala dedicada ao design de Aida Boal. Uma das grandes criadoras do design moderno, Aida se encontra hoje ausente do mercado de design e seu nome é pouco falado, num processo recorrente que manteve no ostracismo grande parte dos designers importantes do modernismo.

“Nosso objetivo foi combinar móveis clássicos dos dois períodos, já bastante conhecidos, com outros que vão surpreender o público”, conta Marcelo Vasconcellos. “A homenagem à Aida  é oportuna porque ela tem um trabalho de enorme consistência e grande reconhecimento para quem é do ramo, mas é pouco lembrada publicamente”. Saiba mais sobre a exposição e o Museu Histórico Nacional.

Texto e foto: Divulgação MHN
Edição: Ascom/Ibram

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days