Conselho da Unesco aprova instrumento normativo de iniciativa brasileira

Acontece em Paris (França), até o dia 26 de abril, a 191ª Sessão do Conselho Executivo da Unesco. Em reunião realizada no dia 19 de abril, os membros do Conselho Executivo aprovaram a iniciativa apresentada pelo Brasil, e apoiada pelos países ibero-americanos, para o estabelecimento de um novo instrumento normativo internacional para a proteção e promoção de museus e coleções.

Os países avaliaram os estudos preliminares sobre os aspectos técnicos, museológicos e jurídicos, previamente encomendados pela Unesco, e a maioria dos países presentes votou pela inserção do tema na agenda da Conferência Geral da Unesco, em novembro de 2013.

Se for aprovado, o documento dará início ao processo de redação do novo instrumento, com o objetivo de normatizar e ampliar a proteção conferida a museus e coleções no plano internacional.

Histórico
O debate sobre um novo instrumento normativo foi iniciado em encontros ibero-americanos de museus e reuniões do Comitê Intergovernamental do Programa Ibermuseus.

Em 2011, a iniciativa foi levada à Unesco pelo Brasil durante a última Conferência Geral da organização. Na ocasião, a Unesco autorizou uma reunião de especialistas de museus para debater o tema – organizada ano passado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), no Rio de Janeiro. Saiba mais.

Texto: Ascom/Ibram

 

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days