Consciência negra: Museu da Abolição inaugura ludoteca no Recife (PE)

Logomarca da nova ludoteca: brinquedos africanos

Logomarca da nova ludoteca: brinquedos africanos no Museu da Abolição

No Mês da Consciência Negra, o Museu da Abolição, vinculado ao Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e localizado em Recife (PE), traz uma programação diversificada, elaborada em conjunto com a Prefeitura da Cidade do Recife e o Instituto Histórico e Geográfico de Vitória de Santo Antão (PE).

Como parte da programação, o museu inaugura no sábado (22) sua Ludoteca, formada por brinquedos de origem africana.

Com recursos do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura), o projeto é pioneiro em museus pernambucanos e vai oferecer à população um ambiente de práticas lúdicas e educativas, onde serão tratadas várias questões e temáticas ligadas à cultura afrobrasileira.

O espaço conta com acessibilidade na tentativa de atrair e integrar todos os públicos, inclusive de pessoas com deficiência.

A proposta da série de eventos do Museu da Abolição é promover reflexões e debates sobre a condição social do negro no Brasil e as contribuições dos afrodescendentes na construção da sociedade e cultura brasileiras.

A programação, que teve início no dia 4 e segue até o dia 30 de novembro, traz exposições, rodas de diálogo, palestras, seminário, oficinas sobre temáticas afro, mostra sobre culinária de terreiro, e visita guiada ao circuito histórico em Recife relacionado ao legado africano, entre outras atividades.

Confira as atividades da segunda quinzena de novembro. Viste a página do Museu da Abolição para outras informações.

Texto: Ascom/Ibram
Imagem: Museu da Abolição/divulgação

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days