Cineclube do Museu da República celebra o cineasta Glauber Rocha

O Cineclube Cinema e História Silvio Tendler, do Museu da República, no Rio de Janeiro (RJ), faz uma homenagem ao cineasta baiano Glauber Rocha amanhã (1º de agosto). O motivo é a comemoração dos 50 anos de lançamento do filme Deus e o diabo na terra do sol, indicado à Palma de Ouro do Festival de Cannes em 1964.

Glauber_LabirintoSerá exibido, às 18h30, o documentário Glauber, o Filme – Labirinto do Brasil, produzido em 2003, dirigido pelo cineasta Silvio Tendler. O filme faz uma radiografia do Cinema Novo, a partir das ideias de um de seus maiores ícones.

Antes, Silvio Tendler e o cineasta Sergio Santeiro falam sobre a vida e a obra de Glauber. O evento será mediado por Elizabeth Abel de Figueiredo, museóloga, historiadora e pesquisadora do Museu da República. A entrada é franca.

Conhecido como “o cineasta dos vencidos” ou “o cineasta dos sonhos interrompidos”, Tendler abordar em seus filmes personalidades como os ex-presidentes João Goulart e Juscelino Kubitschek,  ou o guerrilheiro Carlos Marighella. O cineasta já produziu cerca de 40 filmes, entre curtas, médias e longas-metragens.

O Museu da República localiza-se à Rua do Catete, 153 (estação de metrô Catete). Saiba mais.

Texto: Divulgação Museu da República
Imagem: Divulgação

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days