Centro de Estudos e Documentação da Museologia completa primeiro ano

Completa um ano de criação, no dia 20 de janeiro, o Centro Nacional de Estudos e Documentação da Museologia (Cenedom), unidade do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC).

O Cenedom é responsável pela divulgação, conservação e ampliação das coleções documentais e bibliográficas do Ibram. Referência para o campo museal brasileiro, a unidade oferece serviços de consulta e estudo sobre o setor, além de ações de preservação da memória institucional do Ibram.

“É mais um passo para o enriquecimento da museologia brasileira”, definiu a ministra da Cultura, Ana de Hollanda, durante a inauguração do espaço (foto), localizado na sede do Ibram em Brasília (DF), no dia 20 de janeiro de 2011.

Em pouco tempo de funcionamento, o Cenedom já conseguiu reunir um acervo expressivo de publicações especializadas sobre museologia e áreas correlatas. São atualmente 1.267 títulos entre livros, catálogos, folhetos, obras de referência, obras raras e multimeios. Outras cerca de 500 publicações serão incorporadas ao acervo ainda neste primeiro trimestre.

Além do acervo do próprio centro, o Cenedom é responsável pelo levantamento e integração do acervo bibliográfico dos 26 museus administrados pelo Ibram. Pesquisa realizada pela unidade em 2011 revelou que o acervo total desses museus se aproxima de 1 milhão de itens.

Mais do que repositório de publicações relacionadas ao campo museológico, o Cenedom tem atuado como centro de difusão de conhecimentos. Além de dar acesso a fontes e recursos de informações do campo museal, a unidade tem realizado intercâmbio de informações com entidades acadêmicas, centros de informações e a comunidade museal como um todo.

Texto: Ascom/Ibram

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days