Boop em exposição no Museu de Arte Religiosa e Tradicional (RJ)

O Museu de Arte Religiosa e Tradicional de Cabo Frio (Mart/Ibram), com o apoio do  Laboratório de Arqueologia Brasileira (LAB) e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan/MinC), inaugura no dia 25 de janeiro a exposição Boop – esqueleto de uma jovem índia, com cerca de cerca de dois mil anos, descoberta em escavação realizada por arqueólogos do LAB em setembro de 2011.

O Sítio Arqueológico Aldeia do Portinho em Cabo Frio (RJ) é testemunho inédito do encontro de duas sociedades migradas da Amazônia pré-histórica superpovoada: Sambaquieiros e Una.

Com o achado foi possível constatar o que cada sociedade aprendeu com a outra: dos Sambaquieiros, a sociedade Una adotou a técnica da pesca em águas salgadas. Com a Sociedade Una, os Sambaquieiros aprenderam a agricultura. As escavações que revelaram Boop, codinome dado pelos arqueólogos que a encontraram, reforçam a importância da preservação da história remota da região. A exposição fica em cartaz até maio de 2012.

Texto e foto: Divulgação Mart/Ibram

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days