Bonde da História: MHN promove visitas mediadas nos domingos de abril

Visitas mediadas no MHN abordarão em abril temas históricos relacionados ao mês, como páscoa, a chegada dos portugueses ao Brasil e o inconfidente Tiradentes.

Visitas mediadas no MHN abordarão em abril temas históricos relacionados ao mês, como páscoa, a chegada dos portugueses ao Brasil e o inconfidente Tiradentes.

Páscoa, a chegada dos portugueses ao Brasil, a resistência indígena à colonização e a figura histórica de Tiradentes serão temas de destaque das visitas mediadas promovidas pelo núcleo de Educação do Museu Histórico Nacional (MHN) durante o mês de abril.

Voltado para públicos de todas as faixas etárias, o projeto Bonde da História foi retomado no último domingo (7) com visita que abordou o tema “Pinturas históricas”. Foram abordadas obras do gênero que integram a exposição de longa duração do MHN. Voltado a crianças de 6 a 10 anos, o Bondinho da História “Brincando no pátio dos Canhões” abordou ainda a coleção de canhões de diversas origens e momentos da história do Brasil abrigada pelo museu em seu pátio.

No próximo domingo (14), o Bonde da História traz como tema “A presença de Cristo no acervo MHN”. Voltada para o público jovem e adulto, a visita vai abordar como a imagem de Jesus esteve aliada ao ideal civilizatório, forjando a sociedade no Brasil do período colonial.

Crianças e seus acompanhantes também serão convidadas para participar de mais uma edição Bondinho da História. Com o tema “Quem foi Aimberê?”, a visita vai resgatar a história do guerreiro chefe dos Tupinambás e da confederação dos Tamoios, mostrando sua luta contra a invasão portuguesa no Rio de janeiro e a defesa do território brasileiro.

No domingo seguinte (21), feriado nacional do Dia de Tiradentes, o MHN mergulha na história de Joaquim José da Silva Xavier no Bonde da História “Tiradentes: inimigo da Coroa, herói da República”. A proposta, voltada para jovens e adultos, é suscitar um bate papo sobre a construção da memória de Tiradentes (1746-1792), partindo de itens presentes na exposição de longa duração.

No mesmo dia, crianças de 4 a 10 anos e seus acompanhantes poderão mergulhar no Rio antigo a partir das pinturas ovais de Leandro Joaquim (1738-1798). O Bondinho da História, que acontecerá às 15h, revelará a história do artista e seu trabalho, dando ainda a chance para as crianças exercitarem sua criatividade em uma oficina de pintura.

No último domingo de abril (28), o Bonde da História faz referência à chegada dos portugueses com o tema “Descobrimento ou invasão?”. Os visitantes jovens e adultos farão uma visita pelo sala “Portugueses no mundo” com destaque para o processo de ocupação do território brasileiro por nações europeias e uso dos diferentes termos para abordar a presença portuguesa.

“Chegada dos portugueses” é o tema do Bondinho da História que finaliza o mês de abril. Voltada para crianças acima de 8 anos e seus acompanhantes, a visita vai abordar o contexto de chegada dos europeus na América. Na atividade, será possível participar de um “jogo de tabuleiro” onde os participantes serão as peças principais.

Como participar

Aos domingos, dia de entrada gratuita no MHN, o Bonde da História sempre começa às 14h e o Bondinho às 15h. Não há necessidade de agendamento ou inscrição: o encontro com os educadores acontece na recepção do museu nos horários indicados.

Aos sábados, o Bonde da História acontece às 14h e percorre todo o circuito de exposições de longa duração do museu. Confira ingresso e gratuidades. Mais informações sobre o projeto Bonde da História podem ser obtidas pelo endereço eletrônico mhn.educacao@museus.gov.br ou pelo telefone (21) 3299-0324.

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days