Boletim Ibram nº 353

Boletim eletrônico Nº 353 – Ano VIII- 20/05/2011 a 26/05/2011
    www.museus.gov.br

Notícias

Ministra participa de lançamentos no Dia Internacional dos Museus

Guia dos Museus Brasileiro é o mais atual e completo do país
Sylloge Nummorum Graecorum já está disponível ao público
Últimos dias para aproveitar programação da 9ª Semana de Museus
Cidade Estrutural lança Ponto de Memória neste sábado, 21
Após reformas, Museu Palácio Rio Negro reabre em junho
Acervo escultórico disponível online
Museu Victor Meirelles promove 1ª Mostra de Vídeos 2011
Museu Imperial inaugura biblioteca infantil
Museu da Abolição terá Laboratório de Experimentação Musical
MNBA é destaque no programa Domingão do Faustão
Senador apresenta voto de aplauso ao Instituto Brasileiro de Museus

Agenda

O Fotógrafo e a Transformação da Paisagem
Museu Imperial na Memória  
No Tempo de Benjamin
Cinema Falado 
Bienal de São Paulo no MON
Leo Fisscher no MNBA – últimos dias
Pinceladas do Ar e Outras Pinturas Abstratas
Faces Culturais do Japão
O Brasil na arte popular
Arte sem Limites

cursos e oficinas

4º Curso de extensão Educação e Patrimônio Cultural
Educação prisional e direitos humanos
Explorando o Turismo Cultural no MHN
Veredas: a saudade e a cidade em suas representações fotográficas
I Encontro Afro Atlântico na Perspectiva dos Museus
Oficina de Poemagem
Oficina de foto na lata
Links

www.ibermuseus.org
www.cofem.org.br
www.icom.org.br
forummuseusuniversitarios
www.museologia.org.br
unirio.br/jovemmuseologia
museusdepernambuco
ww.abracor.com.br/novosite
www.corem1r.com
www.museusdorio.com.br
museucasaalcantara.blogspot.com
 

notícias


Ministra participa de lançamentos no Dia Internacional dos Museus

 

 

A ministra da Cultura, Ana de Hollanda, participou das comemorações do Dia Internacional dos Museus (18 de maio) com visita ao Museu Histórico Nacional (MHN/Ibram/MinC), no Rio de Janeiro. Acompanhada do presidente do Instituto Brasileiro de Museus, José do Nascimento Junior, da diretora do MHN, Vera Tostes, e de diretores de outros museus do Rio, a ministra visitou o circuito de exposições de longa duração do museu para divulgar a 9ª Semana Nacional dos Museus, evento promovido pelo Ibram que, até 22 de maio, oferecerá mais de 3 mil atividades em cerca de 1 mil museus e instituições culturais do país.

 

Ana de Hollanda também acompanhou os lançamentos das publicações Guia dos Museus Brasileiros (editada pelo Ibram/MinC) e Sylloge Nummorum Graecorum, catálogo sobre a coleção de moedas gregas do MHN. O presidente do Ibram ressaltou a importância do Guia dos Museus Brasileiros para o conhecimento do panorama museal do país e para a divulgação dos museus.

No evento, a ministra, que atuava no Museu da Imagem e do Som (MIS, do Rio) até assumir o MinC, disse “se sentir em casa” quando o assunto é museu. Avaliando o desenvolvimento do setor, ela afirmou que há uma nova postura da população brasileira, de maior apropriação dos espaços públicos e institucionais, e que isso se reflete em uma relação mais próxima dos brasileiros com seus museus. “Vivemos um novo momento na área museal, de expansão e de fortalecimento”, afirmou. Como exemplo, citou a 9ª Semana de Museus – que neste ano teve recorde de participação, com programação em mais de 500 cidades do Brasil.

topo


Guia dos Museus Brasileiro é o mais atual e completo do país

 

O Guia dos Museus Brasileiros, lançado no Dia Internacional dos Museus, é o mais completo já publicado no Brasil. Elaborado com base nos dados do Cadastro Nacional de Museus, informa ano de criação, situação atual, endereço, horário de funcionamento, tipologia de acervo, acessibilidade, infraestrutura para o recebimento de turistas estrangeiros e natureza administrativa de todos os museus já mapeados pelo Ibram em território nacional, além de outras informações.

A publicação lista mais de 3 mil museus (incluindo 23 virtuais). As regiões Sudeste (1.150), Sul (874) e Nordeste (709) são, nessa ordem, as que apresentam maior quantitativo de museus. Os museus foram ainda subdivididos por região, estado e município.

“O Guia foi pensado como um instrumento de disseminação de informações sobre museus para a sociedade e também como instrumento de pesquisa para o setor museal. Ele possibilita uma visualização ampla do setor”, explica a coordenadora geral de Sistemas de Informação Museal do Ibram, Rose Miranda. A coordenação, responsável pelo Cadastro Nacional de Museus coordenou a elaboração do Guia. A publicação será enviada aos museus brasileiros e estará disponível para consulta e download gratuito a partir de junho no site do Ibram (www.museus.gov.br). Também poderá ser adquirido junto ao Ibram.

topo

Sylloge Nummorum Graecorum já está disponível ao público

 

A obra Sylloge Nummorum Graecorum já está disponível para pesquisa na Biblioteca do Museu Histórico Nacional. Lançada em 18 de maio, a publicação apresenta a coleção de moedas gregas e provinciais romanas do Museu Histórico Nacional. Com mais de 1900 peças, a SNG do MHN é a única da América do Sul e é considerada bastante significativa e completa, pois reúne desde os mais antigos exemplares cunhados na Ásia Menor até as moedas provinciais de Alexandria no Egito do III século d. C, possuindo moedas das mais variadas cidades de três diferentes continentes.

A autoria da obra é de Marici Martins Magalhães, professora pesquisadora de Epigrafia e Arqueologia Clássica, Laboratório de História Antiga do Programa de Pós-Graduação em História Comparada do Instituto de História da Universidade Federal do Rio de Janeiro e pesquisadora bolsista da FAPERJ. A coordenação da SNG é de Luiz Aranha Correa do Lago, professor do Departamento de Economia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, curador da exposição “As Moedas Contam a História” e colaborador voluntário do Departamento de Numismática do MHN.

Editada com recursos do Ibram/Ministério da Cultura e apoio da Associação de Amigos do Museu Histórico Nacional, a publicação tem aval do Conselho Internacional de Numismática, decisivo para que coleções de moedas das chamadas “Séries Gregas” sejam consideradas Sylloge Nummorum Graecorum e possam ser publicadas como tal. A SNG também está à venda na loja do MHN (telefone 21 2240-8078).

topo

Últimos dias para aproveitar programação da 9ª Semana de Museus

O sábado e o domingo – últimos dias da 9ª Semana de Museus – oferecem programação intensa nos museus participantes. São exposições, shows, oficinas, ações educativas, visitas mediadas e uma série de outras atrações.

Não deixe de aproveitar o fim de semana para prestigiar os eventos oferecidos pelos museus e instituições participantes. Consulte a programação completa em www.museus.gov.br

topo


Cidade Estrutural lança Ponto de Memória neste sábado, 21

 

Como parte da 9ª Semana Nacional de Museus, a cidade Estrutural (DF) lança, neste sábado, 21 de maio, o seu Ponto de Memória. No lançamento, será aberta a exposição Movimentos da Estrutural – Luta, Resistência e Conquista. A abertura, às 9h, terá a presença de representantes do Ministério da Cultura e da Justiça, da Secretaria de Cultura do GDF e da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI), além das lideranças comunitárias à frente do projeto.

A programação inclui uma mobilização museal inusitada: o Museu do Cortejo, em que os moradores farão um percurso, junto aos participantes, até o local da exposição (Casa dos Movimentos, Quadra 9, Conj. E, Lote 21), onde serão apresentados objetos que passarão a compor o acervo do Ponto de Memória. Situada próxima ao Plano Piloto, na capital do País, a Estrutural tem, hoje, cerca de 40 mil habitantes.

Programa Pontos de Memória - A Estrutural é uma das 12 comunidades do País apoiadas pelo Programa Pontos de Memória, que tem como objetivo a reconstrução e o fortalecimento da memória social, a partir do cidadão e de suas origens, histórias e valores. O Programa é resultado de parceria do Ibram/MinC com os Programas Mais Cultura e Cultura Viva, do Ministério da Cultura, com o Programa Nacional de Segurança com Cidadania (Pronasci), do Ministério da Justiça, e com a Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI).

topo

Após reformas, Museu Palácio Rio Negro reabre em junho

O Museu Palácio Rio Negro, em Petrópolis (RJ), será reaberto à visitação pública na primeira quinzena de junho. A instituição está fechada desde janeiro para reformas na área interna. A próxima etapa é a revitalização da área externa do Palácio.
Construído em 1880 pelo Barão do Rio Negro, o Palácio Rio Negro passou a ser sede do Governo do Estado do Rio de Janeiro em 1894, quando Petrópolis se tornou capital do estado. A partir de 1903, serviu de residência de verão para vários presidentes do Brasil. No governo de Hermes da Fonseca o palácio viveu seu momento mais brilhante, com a realização do casamento, em 8 de dezembro de 1914, do então Presidente com Nair de Teffé.

topo


Acervo escultórico disponível online

 

O Museu Brasileiro de Escultura criou o MuBE Virtual, com a intenção de inventariar e disponibilizar online, de maneira gratuita e totalmente aberta ao público, informações e imagens sobre todo o acervo escultórico brasileiro (www.mubevirtual.com.br).

O projeto busca inventariar todas as representações de arte tridimensional em espaços públicos do Brasil, organizando um banco de dados que conterá imagens e informações sobre as obras e seus autores. Essa ferramenta vai possibilitar o reconhecimento e divulgação das esculturas expostas ao ar livre em todas as cidades do país, disponibilizando uma grande quantidade de textos e imagens sobre o patrimônio histórico e artístico brasileiro.

topo


Museu Victor Meirelles promove 1ª Mostra de Vídeos 2011

 

Estão abertas as inscrições para a 1ª Mostra de Vídeos 2011 do Museu Victor Meirelles. A proposta é trazer ao público trabalhos que estimulem a reflexão acerca das possibilidades de expressão da linguagem audiovisual contemporânea. A inscrição é gratuita e pode ser feita até o dia 24 de junho.

O regulamento e a ficha de inscrição podem ser baixados pelo seguinte endereço: http://museuvictormeirelles.blogspot.com. Mais informações: (48) 3222 0692 ou mvm.ac@museus.gov.br

topo

Museu Imperial inaugura biblioteca infantil

O Museu Imperial inaugurou no dia 18 de maio a biblioteca infantil Rocambole. O nome da biblioteca é uma referência a um dos cachorros de estimação da princesa Isabel, o Rocambole, citado em registros documentais. Criada a partir de um esforço conjunto entre a Biblioteca e o setor de Educação do Museu Imperial, tem como objetivo incentivar as crianças à leitura, apresentada como uma experiência valiosa e prazerosa.

A partir da inauguração, a biblioteca Rocambole ficará aberta ao público às quartas, quintas e sextas-feiras, das 9h às 12h. Na parte da tarde, será reservado o horário de 14h às 17h para atendimento a grupos escolares, mediante agendamento junto ao setor de Educação. Na página http://bibliotecarocambole.blogspot.com é possível encontrar a programação da biblioteca, horários de funcionamento, contatos e conteúdo voltado ao público infantil.

topo

Museu da Abolição terá Laboratório de Experimentação Musical

 

A partir de 21 de maio, o Museu da Abolição, em Recife (PE), disponibiliza gratuitamente à população um estúdio para investigação e criação musical, com tratamento acústico e equipamentos. O Laboratório de Experimentação Musical do Museu da Abolição (L.E.M.M.A.) poderá ser utilizado a partir de pré-agendamento. Mais informações pelo telefone (81) 3228-3248.

 

topo

MNBA é destaque no programa Domingão do Faustão

 

O programa Domingão do Faustão, da Rede Globo, escolheu o acervo do Museu Nacional de Belas Artes, do Rio, como tema do Telão do Domingão, quadro da atração que destaca artistas brasileiros. O Telão do último domingo mostrou diversas obras da Galeria de Arte Brasileira do Século XIX, especialmente de Pedro Américo, Victor Meirelles, Almeida Junior e Rodolfo Amoedo, citando os nomes dos artistas e contando um pouco da história do museu. O programa informou ainda os horários de visitação e convidou o público a conhecer o MNBA. Veja a galeria de imagens:

http://domingaodofaustao.globo.com/platb/programa/category/telao-do-domingao/

Na terça-feira, 17, o museu foi visitado pela rainha Silvia, da Suécia.

topo

Senador apresenta voto de aplauso ao Instituto Brasileiro de Museus

 

O senador João Pedro (PT-AM) apresentou em Plenário nesta semana voto de aplauso ao Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) pela realização da 9ª Semana Nacional de Museus. O senador ressaltou a importância da iniciativa, que reflete e valoriza a diversidade do povo brasileiro. De acordo com a Agência Senado, João Pedro mencionou também a participação do Instituto Memorial de Parintins (Impin), da cidade de Parintins (AM), na 9ª Semana de Museus, e ressaltou a importância cultural de espaços como o instituto, que guardam a memória dos ribeirinhos, dos indígenas e das danças afro-brasileiras.

topo

Agenda

 

O Fotógrafo e a Transformação da Paisagem

 

 O quê:
exposição de fotografias do sergipano José Caldas, reconhecido como um dos mais importantes documentaristas da natureza brasileira em atividade. A mostra, que integra a FOTORIO 2011, traz ao público um recorte de 52 imagens da obra do fotógrafo que revelam um Brasil de paisagens múltiplas e em transformação contínua.

Quando:a partir de 20 de maio, de terça a sexta-feira, das 10h às 17h30, sábados, domingos e feriados, das 14h às 18h

Onde:Museu Histórico Nacional, Praça Marechal Âncora, s/nº, Centro, Rio de Janeiro

Informações: (21)3550-9220

topo


Museu Imperial na Memória

 

O quê: exposição temporária que apresenta a memória institucional do próprio museu, através de fotografias, documentos e objetos que retratam a sua história e das pessoas que por ele passaram. Entre as peças expostas estará o primeiro livro de visitas do Museu Imperial, assinado por Getúlio Vargas na inauguração, em 16 de março de 1943.

Quando:até 30 de maio, das 11h às 18h

Onde: Museu Imperial, Rua da Imperatriz, 220, Centro, Petrópolis (RJ)

Informações:(24)2245-5550 ou www.museuimperial.gov.br

topo


No Tempo de Benjamin

 

O quê:visita teatralizada ao Museu Casa de Benjamin Constant, com atores caracterizados e que mostrarão a vida em família de Benjamin Constant.

Quando:22 de maio, a partir das 14h

Onde:Museu Casa de Benjamin Constant, Rua Monte Alegre, 255, Santa Tereza, Rio de Janeiro (RJ)

Informações: (21)3970-1168 ou mcbc@museus.gov.br

topo


Cinema Falado

 

O quê:o projeto Cinema Falado, do Museu Victor Meirelles, completa cinco anos de atividades com a exibição do longa-metragem “A Antropóloga”, filme rodado em Florianópolis. A sessão terá mediação do diretor do filme, Zeca Pires

Quando:25 de maio, às 18h30

Onde: Museu Victor Meirelles, Rua Victor Meirelles, 59, Centro, Florianópolis (SC)

 

Informações: (48)3222-0692

topo


Bienal de São Paulo no MON

 

O quê: exposição de 73 obras de 12 artistas da 29ª Bienal de São Paulo. O projeto de itinerância da Bienal fará a exibição de seleções específicas em 13 cidades brasileiras até agosto deste ano, cada mostra com um recorte diferente. A relação arte e política, mote central da mostra, será também o fio condutor das exposições itinerantes.

Quando: até 14 de agosto, de terça a domingo, das 10h às 18h

Onde: Museu Oscar Niemeyer, Rua Marechal Hermes, 999, Centro Cívico, Curitiba (PR)

Informações:(41)3350-4400

topo


Leo Fisscher no MNBA – últimos dias

 

O quê: a exposição A Lírica da Cor mostra as telas do pintos holandês Leo Fisscher. Na exposição estarão presentes 20 obras, em acrílica sobre tela, de médio e pequeno formato, onde predominam cor e geometrismo.

Quando: até domingo, 22 de maio, de terça a sexta, das 10h às 18h, sábados, domingos e feriados, das 12h às 17h

Onde: Museu Nacional de Belas Artes, Av. Rio Branco, 199, Cinelândia, Rio de Janeiro (RJ)

Informações: (21)2219-8474 ou www.mnba.gov.br

topo


Pinceladas do Ar e Outras Pinturas Abstratas

 

O quê: exposição do artista Lauro Müller busca dar forma e movimento às cores, ultrapassando os limites da tela tradicional, usando apenas tinta e tela recortada. Sua finalidade é renovar a pintura abstrata, reinventá-la, criando mundos novos.

Quando: de 21 de maio a 31 de julho

Onde: Museu de Arte Contemporânea de Niterói, Mirante da Boa Viagem, s/nº, Niterói (RJ)

Informações: (21)2620-2481 ou www.macniteroi.com.br

topo


Faces Culturais do Japão

 

O quê: a exposição visa difundir alguns aspectos da cultura nipônica, em especial do universo infantil. Conta com objetos que retratam a comemoração do Dia do Menino e Dia da Menina, que equivalem à comemoração do Dia das Crianças na cultura ocidental, além de brinquedos, representações em origami e mangás.

Quando: até 9 de julho

Onde: Museu Campos Gerais, Rua Engenheiro Schamber, 686, Ponta Grossa (PR)

Informações: (42)3223-7766 ou museucamposgerais@uepg.br

topo


O Brasil na arte popular

 

O quê: exposição com cerca de 1.500 obras de arte popular brasileira, de 70 artistas populares oriundos de 13 estados. Estão presentes a arte pioneira de Mestre Vitalino e sua escola do Alto do Moura (PE), as formas femininas das moringas, bonecas e noivas do Vale do Jequitinhonha (MG), as embarcações do São Francisco, além de esculturas que contemplam as mais diversas manifestações da vida cotidiana do Brasil.

Quando: até 26 de junho, de terça a domingo, das 9h às 18h30

Onde: Museu Nacional do Conjunto Cultural da República, Eixo Monumental, Lote 2
Setor Cultural Sul, Brasília (DF)

Informações: (61)3325-5220

topo


Arte sem Limites

 

O quê: exposição das obras de Gonçalo Borges, artista plástico que pinta com a boca e com os pés. Membro da Associação dos Artistas Pintores com a Boca e os Pés, Gonçalo é um artista reconhecido, que chama atenção não apenas pela forma inusitada de fazer sua arte, mas, principalmente, pela qualidade de seus trabalhos.

Quando: até 31 de maio

Onde: Saraiva Mega Store, Shopping Vila Olímpia, Rua Olimpíadas, 360, São Paulo (SP)

Informações: www.goncaloborges.com.br

topo

Cursos e Oficinas

 


4º Curso de extensão Educação e Patrimônio Cultural

 

O quê: estão abertas as inscrições para o 4º curso de extensão Educação e Patrimônio Cultural do Laboratório de Educação Patrimonial (LABOEP – FEUFF), da UFF, com apoio do Ibram/MinC. O curso, que é gratuito terá três encontros, com os temas “Educação e Patrimônio Cultural: Museu casa, Museu escola, Museu comunitário, “Patrimônio Cultural, Espaço Urbano e Juventude” e “Patrimônio Cultural, Conhecimentos Tradicionais e Educação Indígena”.

Quando: inscrições até 22 de maio, vagas limitadas. O curso acontece nos dias 27 de maio, 3 de junho e 10 de junho

Onde: Faculdade de Educação da UFF, Campus do Gragoatá, Bloco D, sala 318

Informações:(21) 2629-2653 ou laboep-uff@vm.uff.br

topo

Educação prisional e direitos humanos

 

O quê: palestra com o professor Marcelo Biar sobre “Exclusão Social e Violência”, “Cidadania e Direitos Humanos”, “Criminalidade Organizada” e “Escola Prisional, o que é?” Aberto a educadores sociais, coordenadores de projetos sociais e público em geral. A entrada é gratuita e após à palestra haverá visitação às exposições.

Quando: 26 de maio, às 9h30

Onde:auditório do Museu Histórico Nacional, Praça Marechal Âncora, s/nº, Centro, Rio de Janeiro (RJ)

Informações:(21)2550-9239 ou projetosociaismhn@gmail.com

topo

Explorando o Turismo Cultural no MHN

 

O quê: encontro com estudantes, com palestras e debates sobre história, turismo e museus.

Quando: 24 de maio, das 9h às 17h30

Onde:Museu Histórico Nacional, Praça Marechal Âncora, s/nº, Centro, Rio de Janeiro (RJ)

Informações:(21)2550-9261 ou mhneducacao@museus.gov.br

topo

Veredas: a saudade e a cidade em suas representações fotográficas

 

O quê: o curso tem por objetivo discutir a questão da saudade em relação ao desenvolvimento do processo fotográfico e da evolução do espaço urbanístico da metrópole contemporânea.

Quando: 24 de maio a 28 de junho, às terças-feiras, das 14h30 às 16h30

Onde:CPC USP, Casa de Dona Yayá, Rua Major Diogo, 353, Bela Vista, São Paulo (SP)

Informações:(11)3106-3562 ou www.usp.br/cpc

topo

I Encontro Afro Atlântico na Perspectiva dos Museus

 

O quê: evento visa aprofundar o diálogo a respeito das formas como os museus representam o continente africano por meio de suas elaborações conceituais-curatoriais. As diversas possibilidades de interpretar a arte africana tradicional e contemporânea e sua inserção em museus nacionais e internacionais serão debatidas a partir dos temas indicados.

Quando: 24 a 27 de maio

Onde:Museu Afro Brasil, Parque do Ibirapuera, Portão 10, São Paulo (SP)

Informações: (11)3320-8900

topo

Oficina de Poemagem

 

O quê: a poemagem é a junção harmoniosa de texto e imagem, resultando em peças gráficas e artísticas. A oficina com Jaak Bosmans irá abordar as técnicas da atividade.

Quando: 27 de maio, às 19h30 e 28 de maio, às 10h

Onde:Centro Cultural Padre Eustáquio, Rua Jacutinga, 821, Padre Eustáquio, Belo Horizonte (MG)

Informações:(31) 3277-8394

topo

Oficina de foto na lata

 

O quê: oficina de foto na lata, com a técnica pinhole, ministrada pelo publicitário Diego Montanari Migliavacca. Os alunos devem trazer sua própria lata (tinta, leite em pó, café, entre outras) como um estímulo ao reaproveitamento de materiais. O restante do material será fornecido pelo professor. Investimento: R$50

Quando: aos sábados, entre 21 de maio e 11 de junho, das 14h às 17h

Onde:Museu da Comunicação Hipólito José da Costa, Rua dos Andradas, 959, Centro, Porto Alegre (RS)

Informações:(51) 3022-4016 ou fotografianalata@gmail.com

topo



 



 

Imprimir o boletim

 

 


Para receber o e-museus no seu e-mail ou sugerir pauta, envie e-mail para: ascom@museus.gov.br – com antecedência mínima de 10 dias.

Informativo produzido pela Assessoria de Comunicação do Ibram/MinC.

 

   
         
Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days