200 anos de museus no Brasil: Ibram lança marca comemorativa

A logomarca comemorativa será utilizada em todos os produtos e ações do Ibram e museus vinculados ao longo de 2018.

A logomarca comemorativa será utilizada em todos os produtos e ações do Ibram e seus museus vinculados ao longo de 2018.

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) lançou nesta quinta-feira (3) logomarca comemorativa aos 200 anos de museus no Brasil. Celebrados este ano, os dois séculos de presença contínua dos museus na vida social brasileira têm como marco os 200 anos de criação do Museu Nacional, hoje vinculado à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

A logomarca será utilizada em todos os produtos lançados pelo Ibram ao longo de 2018 e também estará presente em todas as ações desenvolvidas pelo órgão e seus museus vinculados. Entre os produtos e ações programadas estão a realização de seminário temático sobre o tema, a acontecer no Rio de Janeiro, e o lançamento de edição especial da MUSAS – Revista Brasileira de Museus e Museologia.

O museu

Criado em 6 de junho de 1818 por Dom João VI, responsável pela transferência da corte portuguesa para o Brasil, o então Museu Real – hoje situado no antigo Palácio Imperial de São Cristóvão, na Quinta da Boa Vista – foi pensado para propagar o conhecimento e o estudo das ciências naturais em terras brasileiras.

Com acervo de mais de 20 milhões de itens, constituído principalmente por itens relacionados às áreas de Antropologia, Botânica, Entomologia, Geologia e Paleontologia, o Museu Nacional/UFRJ é a mais antiga instituição científica do Brasil voltada à pesquisa e à memória da produção do conhecimento, hoje reconhecida como centro de excelência de pesquisa em história natural e antropológica na América Latina.

Marco para a trajetória museal brasileira

A partir da criação do Museu Nacional, os museus se multiplicaram nas décadas seguintes por todo o território brasileiro, assumiram diferentes modelos, ampliaram suas áreas de atuação e marcaram a cultura brasileira de maneira decisiva. Hoje, são mais de 3,8 mil instituições cada dia mais abertas, voltadas à construção e ampliação de diálogos, sintonizadas com suas comunidades e visando um desenvolvimento sustentável em todas as frentes.

“Ao se abrir, de forma plural, para uma diversidade de temas e perspectivas, os museus cumprem papel essencial na construção de uma sociedade que se quer cada dia mais solidária e democrática”, avalia o presidente do Ibram, Marcelo Araujo. “O logo comemorativo pelos 200 anos de museus no Brasil busca registrar este ano como um marco para a trajetória de nossos museus”, completa.

A logomarca comemorativa aos 200 anos de museus no Brasil, criada numa parceria com a agência de publicidade DPZ&T, já está disponível para download gratuito nos formatos JPEG, PDF, PNG e PSD.

Publicado em

4 comentários para “200 anos de museus no Brasil: Ibram lança marca comemorativa

  1. Museus que não são do IBRAM podem utilizar essa logomarca em suas divulgações?
    Ou o uso é restrito aos museus do IBRAM?

    • Prezada Hilda, boa tarde! A logomarca comemorativa aos 200 anos de museus no Brasil poderá ser utilizada livremente por todos os museus e outras instituições ligadas ao campo museal brasileiro em seus materiais de divulgação ao longo de 2018.

    • Prezado Elcio,

      Não há credenciamento prévio. A distribuição de senhas será feita 1h antes de cada atividade programada.

      Esperamos você lá!

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days