Semana de Museus tem presença de público e exposições seguem em cartaz

A 11ª Semana de Museus, realizada de 13 a 19 de maio em todo o país, teve como tema Museus (memória+criatividade) = mudança social e as atividades incluíram palestras, exposições, debates, ações educativas e outros eventos em mais de 1,2 mil instituições.

Presença de estudantes no Acervo Cultural Zé Ramalho na Paraíba

O Museu Imperial/Ibram, em Petrópolis (RJ), bateu seu recorde de público durante o evento: mais de 5,7 mil pessoas visitaram ou participaram das atividades especiais da instituição, contando com sua subunidade – Casa de Cláudio de Souza. Saiba mais.

Diversas outras instituições, como o Museu Arquidiocesano de Arte Sacra de Mariana (MG); Cineclube Maria Sena, em Caratinga (MG); Instituto Histórico de Jaboatão (PE);  Museu Histórico de Alexandria (RN);  Acervo Cultural Zé Ramalho, em Brejo da Cruz (PB) e Museu Zio Minio em Ibiraçu (ES) também realizaram atividades, como visitas guiadas, oficinas e palestras, que foram bem recebidas pela população local.

E mesmo após o período oficial da Semana de Museus, muitas atividades ainda estão acontecendo. No Museu da Abolição/Ibram, por exemplo, em Recife (PE), a exposição As águas da memória: a rota do ex-cravizado segue até 31 de julho. Saiba mais.

O Museu das Bandeiras/Ibram, em Cidade de Goiás (GO), também está com duas mostras que se encerram apenas em 4 de agosto. Acesse o Guia de Programação e veja os eventos que ainda estão acontecendo em várias instituições.

Matéria relacionada
Ibram inicia pesquisa para avaliar impacto da 11ª Semana de Museus

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Divulgação

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days